quinta-feira, 11 de março de 2010

Será chuva, será vento?

Foi há vinte anos. Valdo coloca o esférico na marca para bater de seguida o pontapé de canto. Magnusson, ainda antes dos efeitos Esporão 97, cabeceou ao primeiro poste, mas foi o jeitinho de Vata que colocou a bola dentro da baliza para qualificar o Benfica frente ao Marselha para a final da Liga dos Clubes Campeões Europeus. Na altura, ninguém teve dúvidas: “foi com a mão”. Mas 20 anos depois, Vata esclarece o mundo futebolístico em entrevista ao jornal i “Havia vento e marquei com o peito. A sério, é como lhe digo". Aliás, como se pode ver claramente e imparcialmente nas imagens.

video

5 comentários:

Anônimo disse...

os adeptos do Marselha que não se preocupem. Hoje é com a mão de Jesus.

Homem da Luz disse...

Claramente com o ombro!

O 7 Maldito disse...

Analisando atentamente as imagens, é claramente com a parte exterior do pé esquerdo.

Galaad disse...

Foi com o joelho.

O que acontece é que no corpo do Vata é fantástica a parecença do joelho com a mão. São mesmo muito parecidas...

António Pista disse...

Eu acredito e vocês?

http://aguia-de-ouro.blogspot.com